Viver em um condomínio sustentável é ter o constante sentimento de estar fazendo a sua parte, além de um motivo para se orgulhar - afinal, o seu próprio lar estará incentivando a vida, a natureza e a responsabilidade.

Soluções verdes, entretanto, podem ser difíceis e caras de implementar. Muitas delas são até mesmo inviáveis dependendo de como o seu condomínio foi planejado. Pensando nesse problema, a matéria de hoje te propõe 5 soluções fáceis, baratas e que você já pode fazer hoje mesmo!

1. Manutenção preventiva

Sistemas hidráulicos, elétricos e canos podem apresentar diversos desgastes com o tempo, e muitos defeitos só são percebidos quando é tarde demais. Ao programar manutenções preventivas, é possível economizar dinheiro e fazer proveito máximo dos equipamentos - afinal, comprar sistemas novos pela simples falta de cuidado não é um hábito que ajuda o meio ambiente, levando em conta os recursos usados para produzir tais equipamentos.

Uma forma de ficar de olho em tudo isso é criando uma planilha com o que precisa ser revisado, quem o fará e quando.

2. Coleta seletiva

Aqui, não estamos falando de colocar uma lixeira de cada tipo e rezar para que todos respeitem-nas, mas sim de abordagens mais eficientes.

Levar a coleta seletiva a sério é uma ação pequena, mas que a longo prazo tem o poder de impactar toda a sua comunidade. Para garantir que todos façam seu dever, é importante:

  • Facilitar a coleta seletiva com orientações expostas nas áreas comuns

  • Reiterar a importância do assunto nas reuniões quando necessário

  • Dispor de lixeiras bem sinalizadas

  • Informar-se sobre a coleta de resíduos especiais com a prefeitura, ONGs, etc.

Outra ideia é colocar caixas para depósito de materiais escolares e roupas que os moradores desejarem doar! Assim, toda vez que elas estiverem cheias, basta contatar alguma ONG para o recolhimento dos itens.

3. Torneiras novas

Atualmente, existem diversas opções de torneiras ecológicas - as com temporizador, por exemplo, economizam água evitando o desperdício acidental.

Sendo assim, é interessante comentar o assunto com todos os vizinhos, e quem preferir pode trazer essa alternativa verde para seu lar!

4. Horta comunitária

Ao cozinhar com seus próprios temperos, você economiza dinheiro e embalagens, além de fazer bem para o ecossistema local. Então por que não enfeitar as áreas comuns do condomínio com uma linda horta comunitária?

Esse projeto requer apenas um pouco de madeira, terra e mudas, pode ser feito numa tarde de domingo e traz um retorno ótimo para todos os moradores.

5. Composteiras coletivas

Uma maneira simples e barata de reduzir a produção de lixo! Ao invés de descartar restos de alimentos e matéria orgânica, é possível usá-los para cuidar das áreas verdes (e da horta comunitária, se você decidir implementar essa mudança).

Existem diversas alternativas de composteiras - grandes, pequenas, caseiras, prontas... E uma alternativa para agradar a todos é instalá-la em pátios ou outras áreas comuns do prédio - assim, os moradores não precisam ceder espaços de seus apartamentos.

Quanto ao recolhimento do lixo, basta combinar com algum funcionário, síndico ou morador, por exemplo.

Se você gostou das nossas sugestões, lembre-se de salvar esse artigo para apresentar na próxima reunião do condomínio! E lembre-se: construir uma comunidade consciente vale cada esforço.