Atrair a quantidade mínima de condôminos nas reuniões de condomínio para discutir e aprovar pautas importantes não é tarefa simples. Muitas vezes as votações sequer são validadas por não haverem votantes suficientes. Se você é síndico ou administra condomínios, com certeza já se deparou com esse desafio.

No entanto, apesar de toda a dificuldade, existem algumas estratégias que podem ser aplicadas para aumentar o quorum desses eventos.

CONSULTE A DISPONIBILIDADE

Antes de estabelecer o horário dos eventos, consulte os moradores para saber a disponibilidade da maioria dos participantes quanto à data e horário. Esse processo pode ser feito por meio de grupos em plataformas de relacionamento, como o Whatsapp. Ou pode ser enviado um comunicado aos condôminos solicitando que informem qual a melhor data dentre as ofertadas.

PREPARE AS INFORMAÇÕES

Ao preparar a assembleia, lembre-se de buscar o maior número de informações e juntar a documentação necessária sobre os temas a serem tratados. Muitas reuniões chegam ao fim sem qualquer tipo de deliberação, por absoluta falta de subsídios. E, diante da falta de resultados, muitos moradores acabam desistindo de participar dos próximos encontros.

PREPARE O AMBIENTE

Procure preparar o ambiente onde será realizada a reunião, de tal forma que acomodações e questões físicas, como ventilação e iluminação, não sejam deficientes. Caso falte cadeiras, por exemplo, muitos condôminos irão embora antes do fim da reunião e provavelmente não voltarão a comparecer.

CUMPRA HORÁRIOS

O cumprimento de horários de início e fim das assembleias deve ser seguido rigorosamente. Aguardar a chegada de outros moradores e ficar preso a intermináveis discussões sem hora para terminar afastam os participantes de futuras convocações. Portanto, cumpra com os horários pré estabelecidos, isso fará com que os condôminos participantes se habituem a rotina de reuniões e seus horários.

TENHA UMA PAUTA OBJETIVA

Estabelecer uma pauta de forma sucinta e sem temas subjetivos também é importante. Normalmente, as pessoas não são motivadas pelo item “assuntos gerais”. Tanto é assim que costuma ficar para o final da assembleia e, via de regra, é a senha para o esvaziamento da reunião.

ESTABELEÇA A FORMA DE VOTAÇÃO

Analisar com cuidado os assuntos e determinar a melhor forma de votação (aberta ou secreta) de acordo com a particularidade de cada tópico. Tão importante quanto a diplomacia é a firmeza de procedimento no sentido de evitar debates paralelos, discussões sobre temas que não façam parte da pauta ou questões pessoais entre moradores.

Com essas dicas você tornará as reuniões e assembleias mais atrativas, respeitadas e importantes. E é provável que você, síndico ou administrador, consiga conquistar um grupo maior de condôminos ativos e assíduos.

Conteúdo extraído na integra do SECOVI/RS. Mais informações acesse: http://blog.secovirsagademi.com.br/6-estrategias-para-aumentar-o-quorum-das-assembleias/